sábado, 13 de novembro de 2010

Coisas alemãs que não dariam certo no Brasil


Produtos no lado de fora das lojas
Na Alemanha é muito comum (no verão), os estabelecimentos colocarem vários produtos no lado de fora, sem segurança e nem controle. Você então pega o produto e vai até o caixa pagar... já imaginou aqui no Brasil? Seria um corre-corre danado, pra roubar as mercadorias.

Transporte sem ticket
Em muitos trens e ônibus não há controle de cartão de embarque: você entra no mesmo e, caso algum funcionário da empresa peça, você mostra seu passe. Caso você não tenha, deve pagar uma multa. Nós brasileiros iríamos nos esconder no banheiro, ou descer na próxima parada pra não pagar a multa...

Coelhos correndo livremente nas ruas
Em vez de cães, na Alemanha há coelhos nas ruas; em qualquer parque ou até nos pequenos gramados há muitos coelhos correndo livremente... e no Brasil, muitas pessoas apreciam carne de coelho... então... coitados dos pobres coelhinhos.

Multas para bicicletas
Como as bicicletas são muito utilizadas, há leis específicas para elas, como multas e obrigações para os ciclistas. E, pode confiar: policiais não aceitam suborno nessas situações. Coitados dos policiais se isso houvesse aqui no Brasil.

Todos ônibus possuem espaço para deficientes
Já imaginou, aqui no Brasil, um cadeirante tendo que pegar um ônibus lotado das 18h? Além de praticamente não haver esta possibilidade, não há nem espaço, e o povo não tem paciência. Além disso, o processo é muito demorado. Na Alemanha os ônibus se rebaixam, ficam da altura dos "meio-fios" e o cadeirante entra rapidamente.

Canetas que apagam
Outra coisa bacana que existe na Alemanha são as canetas que apagam. No Brasil sem dúvida elas seriam usadas da pior maneira, para alterar cheques por exemplo.

Horário certo para o ônibus em cada parada
Na Alemanha você sabe o horário exato no qual o ônibus passará na em cada ponto do ônibus. Já que não há congestionamentos e os ônibus não lotam (pois há muitas linhas), dificilmente os ônibus atrasam.

Isso e muito mais em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário